Esposende: Município veio a público esclarecer população sobre obras no Largo Rodrigues Sampaio

AvatarRedação , 11 de maio, 2022

280500814 408133117569157 5123375287694274052 n


A Câmara de Esposende promoveu uma sessão de esclarecimento sobre as obras no Largo Rodrigues Sampaio e zona envolvente. Foram apresentados pormenores da intervenção, nomeadamente as medidas de mitigação do transtorno que causará a habitantes, comerciantes e população em geral.

Traduzindo-se num investimento atualizado de cerca de 1 milhão e 250 mil euros, a requalificação do Largo Rodrigues Sampaio privilegia a mobilidade sustentável, pedonal e ciclável, além de contemplar o reordenamento do trânsito e reformulação dos espaços, procurando o desenvolvimento harmonioso e a dinamização económica e turística, eliminando barreiras arquitetónicas.

A primeira fase das obras arrancou na passada segunda-feira e prolonga-se até 29 de julho, incidindo na Praça D. Frei Bartolomeu dos Mártires, com trabalhos de instalação de infraestruturas hidráulicas e elétricas, pavimentação e colocação de mobiliário urbano.

A segunda fase decorrerá entre outubro e abril de 2023 e contempla a intervenção no Largo Rodrigues Sampaio e nos acessos a esta praça central da cidade de Esposende.
Enquadrando a obra, o presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira lembrou que está inserida nas quatro áreas de reabilitação urbana, definidas no âmbito do PARU.

O autarca revelou a sua preocupação em minorar o impacto na vida das pessoas e dos comerciantes, garantindo que “a autarquia tudo fará para minimizar o impacto negativo das obras”.

Benjamim Pereira referiu que a obra tinha de ser realizada nestas datas, “porque o visto do Tribunal de Contas chegou em março e a obra tem de estar concluída até junho de 2023, sob pena de perder os financiamentos”.

“A praça Frei Bartolomeu dos Mártires terá condições dignas para os comerciantes, com espaço para esplanadas, com passeios com oito metros, a iluminação será reforçada e o ordenamento do espaço será aprazível para moradores e visitantes”.

Nesta reunião, os comerciantes manifestaram preocupação ante os previsíveis prejuízos decorrentes da realização das obras, tendo recebido, da parte do presidente da Câmara a garantia de que serão acionados todos os mecanismos disponíveis para ajuda ao comércio local.

Da parte da Associação Comercial e Industrial de Esposende, Gil Vale sugeriu a criação de um corredor de acesso ao comércio da praça Frei Bartolomeu dos Mártires, além da disponibilização de lugares de estacionamento e avançou com a proposta de construção de casas de banho públicas”.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende informou que a reunião destinava-se, precisamente, a avaliar o impacto da obra, perspetivando alternativas para mitigar os prejuízos dos comerciantes. Houve, ainda, uma habitante que demonstrou preocupação com o abate de árvores, solicitando que a reposição seja superior ao abate.

Benjamim Pereira garantiu que Esposende tem um dos maior índice de espaços verdes do país “que sairá reforçado com o futuro parque da cidade e da futura zona desportiva”.

O presidente da Câmara Municipal de Esposende lembrou que para solicitar informações sobre a empreitada poderão utilizar o seguinte contacto: 253 960 161 (Divisão de Obras Municipais).


Também pode gostar