Barcelos: Clube UNESCO para a salvaguarda do teatro em línguas minoritárias nasce em Barcelos

AvatarRedação , 21 de fevereiro, 2022

Teatro de Balugas

Nasceu em Balugães, em Barcelos, um "Clube UNESCO" que pretende salvaguardar o teatro em línguas minoritária. O protocolo foi celebrado entre a Comissão Nacional da UNESCO e a companhia Teatro de Balugas.

Este "Clube UNESCO" pretende «desenvolver atividades artísticas e culturais tendo como ponto de partida a importância que o teatro, enquanto expressão oral, escrita e performativa, pode representar para a preservação e divulgação das línguas em extinção».

«Uma língua é um dos elementos mais significativos de uma cultura e um dos responsáveis pela continuação de uma identidade. Neste sentido, o Teatro é um meio privilegiado para a salvaguarda e continuidade destes legados fundamentais», confirma fonte do teatro de Balugas.

A primeira ação cultural do novo "Clube UNESCO" realiza-se em junho, com a primeira edição do "LÍNGUA - Festival Internacional de Teatro em Línguas Minoritárias", que terá lugar em Barcelos, no Theatro Gil Vicente, de 10 a 12 de junho.

«Trata-se de um certame dedicado às línguas da terra, onde o teatro comunitário e amador identitário de uma região ou de uma língua ou dialeto tenha palco. O que perdemos quando morre uma língua? Esta é a pergunta que levou à criação deste festival: a importância do teatro como expressão de resiliência da mesma, porque quando morre uma língua, morre todo um legado outrora transmitido de geração em geração», lê-se na nota de imprensa.

Este Festival pretende não só ser uma mostra de Teatro, mas também um ponto de encontro multicultural para a discussão dos desafios e problemáticas que o teatro amador e comunitário apresenta neste contexto.


Também pode gostar