▶️ Barcelos: Governo conta com o IPCA para liderar e ensinar "taxonomia verde"

AvatarNuno Cerqueira, 24 de outubro, 2021

IPCA 152

O ministro do Ensino Superior marcou presença no Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) para dar boas vindas a 600 novos alunos de mestrado daquela instituição.

Manuel Heitor, para além de visitar o campus, não tem dúvidas em afirmar que o IPCA pode mesmo «liderar a investigação» nas áreas da contabilidade e fiscalidade da taxonomia verde.

 «Sobre tudo a formação dos futuros contabilistas. Porque até agora a contabilidade e fiscalidade das empresas e sector público tinham apenas em conta ativos económicos, mas com a taxonomia verde têm que contar com ativos ecológicos, ambientais e sociais. Por isso aqui no IPCA haverá oportunidade de se aprender e dar um passo importante nesta área sobre os futuros sistemas de contabilidade que vão mudar face ao novo paradigma. E é aqui no IPCA, onde há um centro de investigação único a nível nacional e Europeu, para liderar essa formação», destacou o Manuel Heitor.

O Ministro ainda se mostrou satisfeito com o arranque do ano letivo no Ensino Superior no que diz respeito a praxes académicas.

 

View this post on Instagram

Uma publicação partilhada por E24 (@e24.pt)

«A integração dos estudantes tem que ser pelo desporto, ciência, cultura e movimentos solidários. A ciência e inovação são solidárias e não deve haver qualquer tolerância face às praxes humilhantes», destacou, aplaudindo a integração nos três grandes centros do IPCA de 600 novos alunos de mestrado.

 


Também pode gostar