Barcelos: PAN quer regresso dos "guarda-rios" e exige ação nos focos de poluição das ETAR´s de Viatodos e Areias de Vilar

AvatarRedação , 1 de janeiro, 2022

Rio Cavado zona de descarga da Etar Areias de Vilar

A líder do partido Pessoas Animais e Natureza (PAN), Inês de Sousa Real, juntamente com o cabeça de lista por Braga às legislativas do dia 30 de janeiro, Rafael Pinto, visitaram focos de poluição em Barcelos, nomeadamente relacionadas com as ETAR´s de Viatodos e Areias de Vilar.

Dando início à pré-campanha do PAN, e tendo como vontade a eleição de um deputado por Braga, a porta-voz esteve em visita a vários focos de poluição em diferentes.

Em Barcelos, na ETAR de Viatodos, Inês Real teve o relato de que «o alegado tratamento inadequado dos efluentes, cria um caudal de águas residuais que contaminam os solos e desaguam no rio Este».

Seguiu-se a ETAR de Areias de Vilar, também no concelho de Barcelos, que é um foco de poluição do rio Cávado, já sinalizado pelo PAN em 2019.

Segundo o candidato do PAN, Rafael Pinto,  «o distrito tem um património natural de excelência, em especial os rios, mas é quase impossível encontrar um curso de água que não tenha graves problemas de contaminação, quer sejam pela indústria, pelas Etar’s, pela pecuária ou por resíduos domésticos».

Assim, o PAN assume como uma das suas grandes bandeiras para o distrito de Braga a recuperação dos rios para «restaurar a vida, a biodiversidade e para que milhares de cidadãos possam recuperar as suas memórias de infância de nadar num rio limpo».

«O PAN defende o regresso dos guarda-rios, maior fiscalização e aplicação de sanções, investimento para renaturalizar as margens, bem como remover barragens e açudes obsoletos que impedem o desenvolvimento natural da biodiversidade», frisou a líder do partido, Inês Real.

 


Também pode gostar