Casas de colmo do Castro São Lourenço vão ser recuperadas

AvatarRedação , 28 de março, 2020

Castro Galaico 1 1

A Câmara de Esposende vai investir 10 mil e 600 euros na obra de recuperação das casas do Núcleo Arqueológico do Castro de São Lourenço, em Vila Chã.

«A intervenção visa a recuperar o revestimento das coberturas em colmo das casas, mantendo a autenticidade deste sítio arqueológico concelhio», aponta a autarquia em nota de imprensa enviada a este jornal.

O presidente da Câmara de Esposende faz questão de frisar que «apesar da complexa situação que vivemos, a todos os níveis, o Município não pode ficar com a sua atividade em suspenso, impondo-se que, dentro dos possíveis, prossiga a sua ação».

«Nesta fase, há, portanto, que dar andamento aos processos, por forma a que, ultrapassada esta fase da pandemia, possamos arrancar em força com a concretização dos projetos que temos definidos para todo o território concelhio», afirma Benjamim Pereira.

O Castro de São Lourenço localiza-se no monte do mesmo nome e situa-se a uma altura de 200 metros acima do nível do mar (ver aqui), num dos esporões graníticos da arriba fóssil que se estende desde o Monte Faro (Palmeira de Faro) até São Paio de Antas (Esposende). Encontra-se classificado como Imóvel de Interesse Público pelo Decreto 1/86, publicado no DR nº 2, de 3 de janeiro de 1986.


Também pode gostar