Esposende: Mais de 33 toneladas de lixo recolhidas pelos pescadores na Marina e não vai ficar por aqui

AvatarNuno Cerqueira, 18 de fevereiro, 2022

261490302 375585450654933 6872200279787778354 n

Até um árvore se vê agora. Os pescadores profissionais que têm como base a Marina Sul de Esposende, conhecida como "Marina dos Pescadores", juntaram-se para fazer uma limpeza nunca antes vistas.

«Não nos lembramos de algo do género tenha sido feito aqui», começa por dizer Carlos Vilas Boas, presidente da Associação de Pescadores Profissionais do Concelho de Esposende (APPCE).

Segundo este dirigente associativo forma recolhidos mais de 32 toneladas, até ao momento, de lixo.

 

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por E24 (@e24.pt)

«Para ter uma ideia foram pelo menos dois reboques cheios de lixo, cada um com 16 toneladas. Artes velhas de pesca, ferros,  frigoríficos, arcas congeladores, entre outros tipos de sucata e lixo que por aqui estava», frisou Carlos Vilas Boas, dando nota que grande parte do material foi removido para reciclagem.

«Isto como estava até metia vergonha. Assim acredito que fica o espaço mais agradável, até para ser visitado para as pessoas conhecerem a nossa arte, assim como para os clientes da Lota terem melhores condições», referiu o presidente da APPCE.

«Queremos contrariar aquela ideia de um espaço a cheirar mal e sujo associado às marinas dos pescadores. Estamos de cara levada. Agora, queremos manter assim este espaço», frisa Carlos Vilas Vilas Boas.

Também a plataforma, que está nos planos do Governo substituir, vai ser limpa.

«Também o espaço envolvente tem outra cara. Tivemos uma reunião como o capitão do porto de Viana do Castelo que nos têm acompanhado. Queremos dar continuidade a esta ação, pois é um espaço que é todos e é preciso zelar», concluiu. 


Também pode gostar