Esposende: Medidor de odores dá primeiro "IoT" a grupo de alunos da Escola António Rodrigues Sampaio

AvatarFilipe Oitavem, 28 de abril, 2022

Captura de ecra 2022 04 28 as 19.29.30

Chama-se "Odometer" e tem como função avaliar odores por via da implementação de sensores que procedem à recolha e análise de dados de compostos orgânicos voláteis presentes derivados da atividade agropecuária.

O projeto de investigação a cargo de seis alunos da Escola Básica António Rodrigues Sampaio convenceu mesmo o júri da final nacional do concurso "Isto é uma Ideia Internet of Things", promovido no âmbito do Projeto “Pense indústria i4.0”, promovido pelo CITEVE de Vila Nova de Famalicão, e foi premiada com o primeiro lugar.

A equipa que desenvolveu o projeto, a "i4.0 Team" composta por Ana Silva, Daniel Sá, Jacinta Silva, Leonor Fernandes, Mariana Magalhães e Tiago Cardoso, concorreu contra 19 equipas vindas de todo o país.

O desafio foi apresentar ideias/soluções inteligentes e exequíveis, baseadas em Internet of Things (IoT), através da apresentação de um produto ou conceito inovador que torne o dia a dia mais smart e simples e que, preferencialmente, também contribua para um mundo mais sustentável do ponto de vista ecológico.

O "Odometer" desenvolvido pela equipa de Esposende «consegue melhorar o bem-estar e a qualidade de vida dos cidadãos e valorizar e desenvolver o território de uma forma sustentável e equilibrada».

Teve como região piloto o município de Esposende, podendo, no entanto, ser extrapolado para outras regiões nacionais e internacionais com problemáticas semelhantes.

O projeto “Pense Indústria i4.0”, promovido pelo CITEVE – Centro Tecnológico das Indústrias Têxteis e do Vestuário de Portugal, de Vila Nova de Famalicão tem como principal objetivo atrair jovens para a indústria, atuar ao nível da sensibilização, atrair e capacitar os jovens, para as áreas de saber e profissionais no âmbito de IoT, tecnologias, digitalização, inovação, empreendedorismo, designe e criatividade, descarbonização e transição energética, economia circular e sustentabilidade.

 


Também pode gostar