Esposende: Mercado, feira e "ambulantes" com taxas e rendas suspensas

AvatarRedação , 8 de abril, 2020

DSC8553

O Município de Esposende vai suspender, durante os meses de abril, maio e junho, o pagamento das taxas aplicáveis à feira quinzenal, ao Mercado Municipal de Esposende, estabelecimentos comerciais propriedade do Município e venda ambulante.

«A decisão de suspensão de pagamentos associados a atividades económicas insere-se nas medidas de apoio às famílias e às empresas, no âmbito da pandemia provocada pelo Coronavirus - COVID 19 e representa uma perda de receita na ordem dos 18 mil euros», lê-se na nota de imprensa.

O presidente da Câmara, Benjamim Pereira, refere que «neste contexto se torna necessária a adoção de um conjunto de medidas».

«Apesar de estas medidas terem de ser aprovadas pela Câmara Municipal, por extravasarem a competência do presidente, tornou-se imperativo adotá-las desde já, quer pela urgência, quer pelo facto de, por força da pandemia, existirem restrições em matéria de reuniões e sessões dos órgãos municipais», frisa.

Assim, até junho, fica suspenso o pagamento de rendas dos estabelecimentos comerciais propriedade do Município, de taxas devidas pela ocupação das lojas exteriores e interiores, bancas e lugares de terrado no Mercado Municipal e dos lugares de terrado na Feira Quinzenal, assim como o pagamento de taxas relativas à venda ambulante.

 


Também pode gostar