Peritos fazem avaliação do 3ª ciclo em agrupamento das Marinhas

AvatarRedação , 24 de janeiro, 2020

FE E24 escolas 2

Com o intuito de identificar pontos fortes e áreas prioritárias com vista à melhoria do planeamento, gestão e ação educativa, o Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio foi alvo de uma avaliação externa, até ontem, por dois inspetores da Inspeção-Geral da Educação e Ciência, e por dois peritos externos, neste caso da Escola Superior de Educação Paula Frassinetti e do Instituto Politécnico de Viana do Castelo.

Segundo apurou o E24, a diretora daquele agrupamento, Paula Cepa, realizou uma apresentação no auditório da EB2/3 das Marinhas na presença de várias entidades, como casos dos vereadores Alexandra Roeger, António Sérgio Mano e Maria Angélica Cruz, e aproveitou o momento para dar conta do projeto educativo em curso "ForMar Cidadãos, Agentes de Mudança".

Paula Cepa explicou ainda o funcionamento dos diversos estabelecimentos de ensino, no que diz respeito aos novos normativos pedagógicos ao nível da Educação Inclusiva e da Flexibilidade Curricular.

Ação esta que contou com vários testemunhos, nomeadamente encarregados de educação, docentes e da consultora da DGESTE-Norte do Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende.

«A metodologia de trabalho passou pela análise documental e de informação estatística relativa à escola, aos resultados - escolares e sociais - e pela observação da prática educativa em diversos estabelecimentos e níveis escolares», disse Paula Cepa ao E24, acrescentando que ao longo dos dias decorreram «visitas a algumas escolas do Agrupamento, e com entrevistas aos mais diversos membros da comunidade educativa».

«Por exemplo, houve a aplicação de questionários de satisfação a alunos, pais e encarregados de educação, pessoal docente e não docente», destacou.


Também pode gostar