Covid-19: Nove pescadores em isolamento numa embarcação em Viana após três casos

AvatarRedação , 27 de dezembro, 2022

nossa

Estão em isolamento desde o dia 19 de dezembro, depois de a bordo da embarcação de pesca costeira “Nossa”, terem sido detetados três casos de infeção provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, disse hoje o capitão do porto local.

A embarcação está atracada em Viana do Castelo e são nove os pescadores que estão em isolamento a bordo.

 Ver esta publicação no Instagram

O capitão-de-fragata Silva Lampreia explicou que o caso “está a ser acompanhado pelas autoridades locais de saúde e pelo armador da embarcação desde o dia 19, altura em que atracou em Viana do Castelo".

O responsável referiu que “o primeiro caso de covid-19 foi confirmado no dia 16, ainda a embarcação de pesca de Viana do Castelo navegava a 430 milhas a oeste do porto de Viana do Castelo”.

Segundo Silva Lampreia, “o pescador infetado acabaria por ser retirado, no dia 18, por meios aéreos, acionados pelo CODU Mar, para um hospital do Porto face ao agravamento das suas condições de saúde, tendo, entretanto, recebido alta médica e sido enviado para casa recuperar da doença”.

O capitão do porto e comandante da Polícia Marítima (PM) de Viana do Castelo adiantou que dos restantes nove tripulantes a bordo, três portugueses e seis indonésios, dois viram confirmada a infeção, havendo um terceiro caso ainda por confirmar.

Os homens permanecem em isolamento profilático no interior da embarcação, tendo já realizado testes de despiste da doença nos dias 20 e 23.

Em declarações à agência Lusa, o delegado de saúde de Viana do Castelo afirmou que hoje vai realizar-se uma reunião para fazer um ponto de situação deste caso.

Luís Delgado admitiu que a situação em que se encontram os pescadores “é complicada, pela quadra festiva que se atravessa e face às condições frágeis da embarcação de pesca”. No entanto, destacou que “a medida cautelar imposta é a que está prevista pelas autoridades de saúde”.

O delegado de saúde adiantou que os homens vão voltar a realizar testes de despiste da doença, na quarta-feira.

 


Também pode gostar