×
D-IMO-BANNER.jpg

BorgWarner investe 7ME em Viana e cria 38 postos de trabalho

Redação - 28 de novembro, 2020

A Norte-americana BorgWarner vai investir 7 milhões de euros para ampliar fábrica de Viana do Castelo. Ao mesmo tempo este investimento trás ainda 38 postos de trabalho.

O investimento será realizado em 2021.

Esta multinacional, líder mundial de produtos em soluções de tecnologia limpa e eficiência para veículos de combustão, híbridos e elétricos, instalou-se na capital do Alto Minho em 2014, num investimento de 25 milhões de euros e na altura estimava criar 500 postos de trabalho, mas atualmente emprega 966 trabalhadores.

Ontem, na Câmara de Viana do Castelo, foi assinado o novo contrato de investimento e, em conferência de imprensa, Hugo Silva, da BorgWarner, leu um discurso e recusou-se a responder aos jornalistas na hora (por tal não vamos transcrever o discurso por acharmos que está em causa o direito à liberdade de imprensa no que concerne aos esclarecimentos que deviam ser prestados num conferência de imprensa).

Já o presidente da Câmara de Viana do Castelo afirmou que as obras de ampliação vão começar no início de 2021.

«Este investimento vai gerar mais economia e mais emprego e ajudar a região e o país a aumentar as exportações já que é uma empresa muito exportadora», referiu.

O edil José Maria Costa disse ainda que empresas do "cluster' automóvel instaladas no parque empresarial de Lanheses empregam cerca de três mil trabalhadores.

O autarca socialista acrescentou que, nas três zonas empresariais do concelho (Lanheses, São Romão do Neiva e Alvarães), estão instaladas nove empresas do setor automóvel.

 

  • PARTILHAR