Viana: Três empresas vão investir mais de 11ME e criar 50 empregos

AvatarRedação , 26 de junho, 2021

reuniao cmvc 24jun2021 2

O executivo da Câmara de Viana do Castelo deliberou, porunanimidade, aprovar a atribuição de benefícios fiscais a três empresas, já instaladas no concelho, que vão ampliar-se e investir, no total, 11,171 milhões de euros, gerando 50 novos postos de trabalho.

Este incentivo foi, assim, aprovado para a empresa Rendimo, responsável pela construção do novo hotel do grupo francês B&B Hotels, num investimento de 5,171 milhões de euros.

«Para isso, pretende adquirir um prédio constituído por casa de um andar, lojas, terreno de horta, vinha, árvores de fruto, vários armazéns e mais dependências na Estrada da Papanata», refere a proposta de isenção, indicando que serão criados 20 empregos no imediato. O hotel vai ter 116 quartos e deverá estar concluído em setembro de 2022.

Já a empresa Clyes, com sede em Darque e que se dedica ao fabrico, comércio, importação e exportação de vestuário de segurança e de proteção individual, vai adquirir por 107.140 euros, uma parcela de terreno no Lugar da Conchada, na União de Freguesias de Mazarefes e Vila Fria. A proposta refere que este investimento rondará os 4 milhões de euros e prevê a criação de 20 postos de trabalho.

Foi ainda aprovada a isenção à empresa CLBBrands, também em Darque, igualmente do setor da produção e comercialização de vestuário de segurança e proteção individual. A empresa vai investir 2 milhões de euros, criando 10 empregos. Para este investimento, a empresa vai adquirir à autarquia, por 181.671 euros, duas parcelas de terreno. 

Os benefícios fiscais às três empresas passam pela atribuição de isenção de IMT.

As medidas visam assegurar aos investidores mecanismos e políticas impulsionadoras de desenvolvimento em atividades relacionadas com produtos endógenos, reabilitação e imobiliário.


Também pode gostar