Legislativas: Dezassete candidaturas disputam 19 cadeiras no parlamento

AvatarRedação , 13 de janeiro, 2022

eleicao marinhas1

Dezassete candidaturas vão disputar as legislativas de 30 de janeiro no distrito de Braga, que elege 19 deputados, sendo o terceiro maior “contribuinte” para a formação da Assembleia da República.

Nas últimas legislativas, em 2019, PS e PSD conseguiram, cada um, oito deputados, tendo o Bloco de Esquerda (BE) ficado com dois e o CDS-PP com um.

Destes quatro partidos, apenas PSD e BE repetem os cabeças de lista de 2019, voltando a apresentar, respetivamente, André Coelho Lima e José Maria Cardoso.

O PS substitui Sónia Fertuzinhos por José Luís Carneiro, enquanto no CDS-PP Telmo Correia dá lugar a José Paulo Areia de Carvalho.

Os eleitores de Braga vão poder escolher entre Partido Trabalhista, Volt Portugal, Iniciativa Liberal, Chega, PSD, Movimento Partido da Terra, PAN, Juntos pelo Povo, PS, Ergue-te, RIR, CDS-PP, Movimento Alternativa Socialista, BE, Aliança, Livre e CDU, coligação que junta PCP e Verdes.

A coligação #Estamos Juntos, com Partido Popular Monárquico e o Partido Unido dos Reformados e Pensionistas), também anunciou que ia concorrer, mas a candidatura acabou por ser rejeitada, em dezembro, pelo Tribunal Constitucional.

Segundo dados da Comissão Nacional de Eleições referentes às últimas autárquicas, realizadas em 26 de setembro de 2011, o distrito de Braga contava com 775.778 eleitores inscritos.

Nas legislativas de 2019, o número de eleitores ascendia a 778.173.

Nos atos eleitorais para a Assembleia da República, PSD e PS têm alternado como partidos vencedores no distrito de Braga.

Em 2019, o PS foi o partido mais votado, mas elegeu tantos deputados como o PSD (oito cada).

Já em 2015, o PSD conquistou 10 lugares no parlamento, contra sete do PS, um do Bloco de Esquerda e um da CDU.

Antes disso, em 2011, PSD também já tinha ganho, com nove deputados, com o PS a ficar-se pelos sete, o CDS-PP a conseguir dois e a CDU um.

Em 2009, o PS elegeu nove deputados, o PSD seis, o CDS dois, o BE um e a CDU outro.

O distrito de Braga elege 19 deputados, sendo o terceiro do ranking nacional, depois de Lisboa (48) e do Porto (40).

Composto por 14 municípios, o distrito perdeu 1.670 habitantes na última década, segundo os Censos 2021.

No entanto, a capital de distrito ganhou mais quase 12.000 residentes.

Das 14 câmaras do distrito, nove são detidas pelo PSD, sozinho ou coligado, e as restantes cinco pelo Partido Socialista.

 


Também pode gostar