Morreu o agente da PSP violentamente agredido à porta de discoteca

AvatarRedação , 21 de março, 2022

Captura de ecra 2022 03 21 as 12.15.02

Fábio Guerra, agente da PSP de 26 anos, acabou por não resistir aos graves ferimentos e morreu hoje. Segundo nota da PSP , Guerra encontrava-se em coma, depois de ter sido violentamente agredido à porta de uma discoteca este fim de semana.

“Na sequência dos factos referidos no comunicado de 19 do corrente mês, do Comando Metropolitano de Lisboa, a Polícia de Segurança Pública (PSP) informa, com pesar e dor, que, na sequência das agressões de que foi vítima em 19 de março de 2022, em ação policial, o Agente Fábio Guerra da PSP, faleceu hoje pelas 09h58, vítima das graves lesões cerebrais que sofreu», lê-se no comunicado da PSP.

A Polícia acrescenta ainda que «o Agente Fábio Guerra honrou, até às últimas consequências, a sua condição policial e o seu juramento de dar a vida, se preciso for, num gesto extremo de generosidade e sentido de missão. Disso nunca nos esqueceremos”, vaticina o comunicado da PSP.


Também pode gostar