Ponte de Lima: PJ detém operário por suspeita de fogo posto

AvatarRedação , 27 de agosto, 2021

PJ Braga 1

Detido pela PJ suspeito de atear fogo em Calvelo, concelho de Ponde de Lima. Segundo a autoridade judiciária, um homem de 46 anos, operário da construção civil, foi detido por suspeita de um crime de incêndio florestal, foi hoje divulgado.

Segundo o Departamento de Investigação Criminal da PJ de Braga, o incêndio ocorreu na segunda-feira, na freguesia de Calvelo, em Ponte de Lima, e “consumiu uma pequena porção de vegetação herbácea e mato”.

O suspeito terá ateado o incêndio “com recurso a chama direta”.

A PJ adianta que as chamas “não atingiram maiores proporções e uma mancha florestal de 340 hectares, devido ao alerta de uma testemunha, que promoveu a célere intervenção dos bombeiros”.

O combate àquele incêndio obrigou ainda à intervenção de um meio aéreo.

A identificação e detenção, fora de flagrante delito, resultou de uma operação da PJ em colaboração com o Grupo de Trabalho do Norte de Redução de Ignições em Espaço Rural.

O homem, com 46 anos, trabalhador da construção civil é ainda “suspeito de estar na origem de outros dois incêndios ocorridos na mesma zona” no mês em curso.

O suspeito é hoje presente às autoridades judiciárias para primeiro interrogatório judicial.

 


Também pode gostar