Saxofonista James Bradon Lewis atua em Braga no ciclo "Julho é de Jazz" do gnration

AvatarRedação , 6 de junho, 2022

james B

O saxofonista norte-americano James Brandon Lewis atua em Braga, em julho, no âmbito do ciclo “Julho é de Jazz” do gnration, incluído na programação de verão daquele espaço, hoje anunciada.

A 8.ª edição do “Julho é de Jazz”, “que apresenta alguns dos nomes mais referentes do jazz moderno volta a dividir-se por duas vésperas de fim de semana”.

Segundo o gnration, em comunicado, o ciclo abre em 07 de julho com Pocus, “o novo trio liderado pelo trompetista português João Almeida — uma das promessas do jazz nacional —, o contrabaixista Gonçalo Almeida e o baterista João Lobo”.

Em 08 de julho, sobem ao palco do gnration o trompetista português Luís Vicente, com os “lendários músicos” norte-americanos William Parker e Hamid Drake.

O gnration recorda que William Parker, “contrabaixista à beira de completar 70 anos, é um pedaço de história no jazz de improviso”, e Hamid Drake “é considerado um dos mais influentes bateristas e percussionistas a operar no jazz moderno”.

A este trio irá juntar-se ainda o saxofonista norte-amerircano John Dikeman, “habitual colaborador de Luís Vicente”.

O “músico do momento do jazz moderno”, James Brandon Lewis, apresenta-se, em 14 de julho, em quarteto, com Aruan Ortiz, ao piano, Brad Jones, no contrabaixo, e o baterista Chad Taylor.

O último dia do ciclo é dedicado ao novo jazz feito em Portugal, com o guitarrista Mané Fernandes, que vai apresentar o álbum “Entre the sQUIGG”, e o trio Living with a Copule, que junta a cantora Leonor Arnaut, o guitarrista João Carreiro e o baterista João Pereira.

Em julho, o programa regular de música inclui a estreia em Portugal do “compositor, cantor, poeta e multi-instrumentista norte-americano que tem desafiado os limites das fronteiras da fusão jazz, hip-hop e música eletrónica” Ben Lamar Gay, que no dia 22 irá apresentar o seu mais recente álbum, “Opem arms to open us”.

Este concerto, com entrada livre, está integrado no programa em rede Caleidoscópio.

Em 03 de setembro, o gnration é palco de uma tarde de concertos com Bed Legs, e Fumo Ninja, banda que junta o guitarrista Norberto Lobo, a cantora Leonor Arnaut, o baterista Ricardo Martins e a pianista Raquel Pimpão.

Na mesma tarde, será apresentada uma instalação artística do artista multimédia e coreógrafo brasileiro Gustavo Ciríaco, construída em contexto de residência artística.

O programa de 03 de setembro, de entrada gratuita, integra-se na Noite Branca Braga 2022.

Também em setembro, no dia 17, o ciclo de apoio à criação artística local Trabalho da Casa apresenta um espetáculo, no qual o projeto bracarense Mutu, “que junta música eletrónica e música tradicional”, irá apresentar o disco de estreia.

O programa de música de verão do gnration encerra em 24 de setembro, “Com chave de ouro”.

Nesse dia, o artista brasileiro Rodrigo Brandão, “com reconhecido percurso como MC de ‘spoken-word’”, convida o “lendário saxofonista” Marshall Allen e a sua Sun Ra Arkestra.

O programa de exposições inclui “Carva Lavra”, do artista sonoro e visual Gui Delindro, “que reúne frequências e materiais locais captados durante o Inverno de 2021/2022 no Pico do Pé de Cabril (Campo do Gerês)”. A mostra, de entrada gratuita, estará patente na galeria gnration entre 15 de julho e 01 de outubro.

Na galeria INL, a artista multidisciplinar Ana Guedes apresentará uma nova instalação construída em residência artística, e que estará patente entre 24 de setembro e 31 de dezembro.

Entre 03 e 10 de setembro, “o gnration exibirá também os quatro projetos artísticos vencedores da oitava edição do programa de apoio à criação artística Laboratórios de Verão”.

No mês de agosto, às quintas-feiras, o gnration vai exibir ao ar livre quatro filmes num ciclo com curadoria do realizador Eduardo Brito, Cinema no Pátio, com entrada livre, em que serão mostrados: “O Homem da Câmara de Filmar” (Dziga Vertov, 1929), “O Carteirista” (Robert Bresson, 1959), “O Trono de Sangue” (Akira Kurosawa,1957) e “A Noite” (Michelangelo Antonioni, 1961).

O programa de verão do gnration fica completo com o ciclo de conversas sobre práticas de investigação ambiental, “Ecotactics”, conduzidas e curadas por Margarida Mendes. “A 14 de setembro, a terceira sessão do ciclo recebe Melody Jue, professora, autora e mergulhadora que foca o seu trabalho na biologia marinha. A conversa acontece 'online', às 21:00, com acesso gratuito”, lê-se no comunicado.

 


Também pode gostar