Aluno de Esposende da UMinho cria porta-máscaras de cortiça

AvatarRedação , 24 de dezembro, 2020

Foto.

Finalista de Engenharia Mecânica da Universidade do Minho, Tiago Azevedo, natural de Esposende, criou, juntamente com um colega de Ponte da Barca, Paulo Pinheiro, um porta-máscaras de cortiça que valoriza a sustentabilidade, a inovação e a saúde.

O projeto nasceu durante a pandemia e como alternativa às bolsas de plástico.

Do tamanho de um cartão de crédito, a estrutura dobra ao meio e aperta com o elástico da máscara, aparentando um porta-moedas clássico.

«Queríamos uma solução segura, simples e prática, feita com material ecológico e reciclável, sendo em simultâneo impermeável, desinfetável e adaptável aos vários modelos de máscaras no mercado», frisa Tiago Azevedo.

As fases seguintes de desenvolvimento incluíram o design, a costura e o fabrico das unidades, a plataforma online, a gestão das encomendas e a promoção nas redes sociais.

O projeto, designado “Senteatuaescolha”, associa um produto útil nos dias atuais com a filosofia de desperdício zero.

 [Notícia completa na edição impressa do Farol de Esposende]

 


Também pode gostar