×
D-IMO-BANNER.jpg

▶️ Barra de Esposende faz mais um náufrago

Nuno Cerqueira - 2 de março, 2021

Uma embarcação de naufragou hoje de madrugada na foz do rio Cávado em Esposende (fotogaleria). O presidente da Associação de Pescadores, Augusto Carneiro, voltou a recordar os problemas da Barra de Esposende, que, desta vez, «não matou por sorte».

«A barra não tem condições. Para ter uma ideia, os homens da pesca de Esposende têm que ir de madrugada para o mar para conseguir entrar e sair da barra. No regresso é sempre um perigo, pois têm as vagas. O que aconteceu aqui foi uma onda que atirou a embarcação para fora», apontou.

As autoridades confirmam o acidente que não provocou feridos, mas com danos materiais elevados.

 

«O dono da embarcação, Avó Dina, tem tudo perdido. Por exemplo, só nos motores, que são dois, estão perto de 30 mil euros. Ora, para recuperar isso em pesca, são precisos muitos anos», apontou, dando nota ainda de uma obra que na perspetiva de Augusto Carneiro é preciso fazer.

«Há mais de um milhão de euros guardados para uma obra. Além do desassoreamento, tem que ser construído um molhe de forma a criar um canal de navegabilidade na foz para os pescadores conseguirem ir à pesca de dia e até atrair embarcações turísticas», apontou.

[Notícia completa na edição impressa do Farol de Esposende]

  • PARTILHAR