Esposende: Chega assume ser «força viva no concelho» e quer ver promessa cumprida por Carlos Silva nas Assembleias Municipais

AvatarJoão Polónia, 27 de setembro, 2021

ZAC 8721 FocusFillWzczNiw0MTQsInkiLDM4XQ

O Chega afirmou hoje que «é uma força viva no concelho de Esposende» e faz um balanço positivo das eleições.

Segundo nota de imprensa enviada à nossas redações, o Chega, que teve como candidato à Câmara de Esposende Paulo Martins, refere que conseguiu «destronar o PCP» e que nas Assembleias Municipais o Chega «será representado por Manuel Pereira».

«Ao contrário do líder deste concelho, um inculto político, o povo deu uma demonstração de democracia e delegou no Chega, representatividade no órgão máximo da política concelhia. O Chega espera que o futuro presidente da Assembleia Municipal, cumpra o que prometeu, e que todas as sessões da Assembleia sejam transmitidas em direto», exige aquela partido político.

«O regimento deve mesmo ser revisto para bem da democracia e do concelho», lê-se mesmo na nota de imprensa, acrescentando que «o Chega será uma força política atenta e interventiva, para bem de todos os esposendenses».

«Não esperem do Chega uma força moderada, com moderação andamos nós a 47 anos a ser adormecidos. O Chega quer o melhor para Esposende, e se para isso tiver de “assumir” o debate político, assim o fará», vaticina a nota de imprensa.


Também pode gostar