×
D-IMO-BANNER.jpg

Esposende e Barcelos voltam a subir no número de casos covid-19

Redação - 6 de janeiro, 2021

Os concelhos de Esposende e Barcelos, depois de duas semanas onde baixaram os casos mas sem sair do risco extremo de contágio, voltaram a registar uma subida na taxa de incidência de novos casos covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, revela hoje um relatório oficial. Na semana de 29 de dezembro a 4 de janeiro há mesmo mais 921 casos covid-19 no total dos concelhos de Barcelos e Esposende.

O documento da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-N), reporta a evolução da situação epidemiológica entre a terceira semana (de 15 a 21) e a última semana de dezembro (de 29 de dezembro a segunda-feira, 04 de janeiro).

Nos últimos 14 dias, foram 12 os concelhos da região Norte que registaram uma taxa de incidência superior a 960 novos casos por 100 mil habitantes. Esposende é mesmo o segundo concelho no Norte com mais casos e teve uma subida de 1039 casos para 1185. Também Barcelos subiu, estando agora nos 1105 casos depois de ter baixo aos 986.

No distrito de Braga, para além de Barcelos e Esposende, os concelho da Póvoa de Lanhoso e Vila Verde estão agora no risco extremo de contágio, respetivamente com 1065 e 982,7, por 100 mil habitantes.

Já no distrito de Viana do Castelo, o concelho de Ponte da Barca é o único em risco extremo com uma taxa de incidência de 1055 casos por 100 mil habitantes.

Olhando apenas ao ACES Cávado III, que junta Esposende e Barcelos, na última semana registaram-se mais 921 casos positivo de covid-19. Barcelos regista mesmo desde o início da pandemia 71 mortes devido à covid-19.

Portugal regista hoje 10027 novos casos de infeção com o novo coronavírus, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia, e 91 mortes relacionadas com a covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

O estado de emergência decretado em 09 de novembro para combater a pandemia foi renovado até 07 de janeiro, com recolher obrigatório entre as 23h00 e as 05h00 nos concelhos do território do continente com risco de contágio mais elevado.

  • PARTILHAR