▶️ Esposende: É no "sul" que está São Pedro

AvatarNuno Cerqueira, 18 de agosto, 2021

sao pedro de esposende 23

Está mesmo situado no coração da atual comunidade piscatória de Esposende. A escultura de São Pedro era um desejo antigo que ontem se tornou realidade com a bênção do santo pelo arcipreste de Esposende e também pároco da comunidade o padre Delfim.

«Não é a capela que se desejava, mas é importante para esta gente da zona sul da cidade ter aqui este São Pedro. Apesar de termos poucos pescadores, São Pedro diz muito a eles e às famílias deles. Lutaram por uma capela, mas que não foi conseguida, mas tinha que ter algo que os ligasse e surge esta escultura num lugar com muito movimento e que espero que passe a ter muita veneração por São Pedro», frisou o pároco, que benzou a estátuta de autoria de Américo Abreu que no futuro será enquadrada num mural que será pintado na parede lateral de um prédio no conhecido bairro social de Sucupira.

«É uma obra que ainda falta acabar. Neste momento estão prontos a imagem do santo, o arranjo em torno da escultura, com os símbolos dos pescadores. Mas ainda falta o mural, que só não avançou porque queremos também intrevencionar nos prédios. Assim faremos tudo ao mesmo tempo», destacou o presidente da Câmara de Esposende, Benjamim Pereira.

Ver esta publicação no Instagram

Uma publicação partilhada por E24 (@e24.pt)

O edil confirmou que existiram ao longo dos últimos anos avanços e recuos no processo da capela, que acabou por não se confirmar.

«Juntamos as pessoas e decidimos avançar para este projeto que ainda teve, para além das pessoas, a Associação Cultural e Recreativa dos Amigos dos Idosos e a União de Freguesias de Gandra, Marinhas e Esposende como parceiros», contou Benjamim Pereira, que enalteceu a arte de cantaria no concelho.

 

«É uma das artes nobres do concelho e que devemos apoiar. É mais uma manifestação desta arte de Esposende e que até devia exportar este talento», destacou o edil.

Já o presidente da ACRAIE, Eduardo Costa, agradeceu o apoio recebido para que «o São Pedro fosse uma realidade».

«Dignifica e honra a nossa história e cidade. São Pedro não tem capela, mas foi sempre venerados pelas gentes do sul de Esposende com várias manifestações e festejos. Tem na rua da Central seu epicentro e onde o São Pedro é muito acarinhado e celebrado. Agradeço à Cãmara e UF de Marinhas, Gandra e Esposende, pois foram fiéis com a palavra», destacou, dando nota ainda que a zona sul de Espsoende precisa ainda de um melhor olhar as problemas que tem.


Também pode gostar