Esposende: João Pedro Lopes pode estar de saída do CDS-PP

AvatarNuno Cerqueira  . 

Captura de ecra 2021 05 17 as 23.33.02

João Pedro Lopes, atual presidente do Recreativo de Gemeses, pode estar também de saída do CDS-PP.

Depois de ter dito que não será candidato a novo mandato de um dos maiores clubes nacionais de canoagem, o responsável corporativo e legal de uma multinacional pode mesmo sair do CDS-PP, partido político que chegou a liderar em Esposende.

Contactado por este jornal, João Pedro Lopes não quis falar sobre assunto, mas este jornal sabe que este terá já manifestado ao presidente do partido, Francisco Rodrigues dos Santos, a sua insatisfação e vontade de sair.

João Pedro Lopes teve sempre nos últimos anos muita exposição e intervenção política no concelho esposendense, de um modo particular depois do regresso do Parlamento Europeu, onde estivera durante vários anos, depois de uma passagem pelo Governo Civil Braga como chefe gabinete dos deputados José Ribeiro e Castro e Nuno Melo.

No entanto esta "dupla" saída pode levantar outros projetos, até porque são poucos aqueles que acreditam que o futuro de João Pedro Lopes se resuma à vida empresarial ou mesmo ao direito e advocacia.

Considerado por muitos como «um dos melhores e mais bem preparados quadros do CDS local», esta saída promete agitar as águas políticas a poucos meses das eleições onde o CDS-PP deverá apresentar como candidato autárquico em Esposende Areia de Carvalho.


Também pode gostar