Esposende: PS denuncia pura «encenação» de Benjamim Pereira em Gandra

AvatarRedação , 13 de junho, 2021

WhatsApp Image 2021 06 13 at 12.31.08

O PS de Esposende, através da comissão administrativa, denunciou hoje inauguração «eleitoralista» e «encenação» Gandra por parte do executivo PSD liderada por Benjamim Pereira.

Segundo nota de imprensa, o PS recorda que foi «em 29 de janeiro de 2017 que Benjamim Pereira lançou a primeira pedra da obra da avenida de S. Martinho, em Gandra».

«No “boletim de propaganda” editado pela câmara, de 3 de agosto de 2017, disponível na internet, “deu nota de que, em Gandra, a requalificação da Av. de S. Martinho, num investimento de 800 mil euros, está a ser executada a bom ritmo”.  Hoje, passados 4 anos, inaugurou essa mesma obra», refere o PS, denunciando ainda encenação.

«Para a encenação se tornar mais credivel e para que não se note que a obra já está terminada há anos, o pior presidente da câmara de que há memória, usou os serviços da empresa municipal Esposende Ambiente, que até ao sábado, lavaram a avenida, os passeios, muros, portões e gradeamentos privados, para que parecesse novo», afirmam, destacando que Benjamim Pereira «não olha a meios».

«Esbanja dinheiros públicos para fazer campanha pessoal, ao estilo da anedótica personagem telenovela “O Bem Amado”, o (Odorico), prefeito (presidente da câmara) de “Sucupira”. Benjamim Pereira consegue ultrapassar a imaginação de qualquer guião de telenovela humorística», afirmam os socialistas.

Segundo o PS, Esposende «tem de passar de inaugurações de obras antigas, há muito usadas pela população, para a realização de obras novas, úteis para o povo», vaticinam.


Também pode gostar