Nazaré: Concurso para empreitada de estabilização das arribas oficializado

AvatarJoão Polónia, 28 de junho, 2021

arribas 1

Num valor orçado em mais de 1,6ME,  o concurso público para a empreitada de “Estabilização das Arribas da Nazaré”, que envolve o Sítio e a Plataforma Superior do Ascensor, recebeu finalmente luz verde por parte da Agência Portuguesa do Ambiente (APA).

No anúncio divulgado, o Município da Nazaré, na pessoa do presidente Walter Chicharro, expressou a sua satisfação na abertura do concurso, pelo qual a autarquia esperava há vários anos.

“Está dado um passo decisivo numa luta que temos vindo a travar desde o início do primeiro mandato para que as arribas do Sítio, em particular as que estão por cima do Ascensor, possam ser intervencionadas, uma vez que a erosão das mesmas salientou os riscos que colocam à segurança de habitantes e visitantes”, manifesta o responsável em comunicado, agradecendo ao Governo, em particular à APA, o lançamento desta obra que “é mais um dos objetivos em vias de ser cumprido”.

A abertura do procedimento viabilizado pela APA, no passado dia 21 de junho, irá receber as propostas para esta intervenção até ao próximo dia 21 de julho.

“Torna-se necessária uma intervenção com medidas de estabilização definidas em conformidade com as condições locais reconhecidas nas zonas do talude interessando, diretamente, o trecho sobrejacente ao túnel do ascensor da Nazaré e o trecho subjacente ao miradouro, de modo a garantir condições de segurança nessa zona”, refere a nota da APA. 

O prazo total de execução dos trabalhos é de 240 dias, a contar da data da sua consignação, que se prevê que aconteça até ao fim do ano, após a obtenção do respetivo visto do Tribunal de Contas. O investimento será suportado a 85% por fundos comunitários, do POSEUR.


Também pode gostar