東京2020: «Sair daqui com um 10º e um 7º, que dá Diploma Olímpico, deixa-me orgulhosa»

AvatarRui Pereira, 5 de agosto, 2021

Captura de ecra 2021 08 05 as 11.37.32

Terminou com chave de ouro a participação da Teresa Portela nos Jogos Olímpicos de Tokyo 2020.

Depois do brilhante 10º lugar na prova de K1 200m, mas como a própria disse “depois da semifinal de K1 200m disputada com as 5 primeiras da final, foi dura a sensação de injustiça. Tinha o 6º tempo das semifinais e tive de me contentar com a final B e com o 10º lugar”.

Havia que levantar a cabeça e foi esse o segredo para o sucesso na prova de K1 500m.

“O que mais gostei, foi de como aceitei isso! Mesmo tendo doído bastante, porque sentia que estava bem, aceitei o resultado pois faz parte, o desporto é assim. E a partir daí desfrutei de todas as provas. Na final B em que ganhei e nos 500m, foi mágico, não preparei, foi das provas mais competitivas que alguma vez já fiz, estar na final, depois de ter sido 11ª nos últimos dois jogos no K1 500, foi maravilhoso”, referiu com satisfação e regozijo a atleta esposendense.

Orgulho, sentimos todos nós e sente também a atleta de Gemeses: “a forma como desfrutei valeu mesmo a pena e sair daqui com um 10º e um 7º, que dá Diploma Olímpico, deixa-me orgulhosa”.

“Além disso, senti um carinho enorme de toda a gente, inclusive dos atletas da canoagem de outros países, que reconheceram o que tinha feito, e isso enche-me o coração”. Esta foi a 4ª participação da Teresa nos Jogos e a 3ª final disputada, o que atesta a sua enorme qualidade e regularidade competitiva.

“Como sempre digo, o importante é o caminho e esse tenho feito e aprendido muito, a ser melhor dia a dia e a desfrutar e vale a pena quando é assim.... O resultado é um extra, mas estou muito contente” finaliza Teresa Portela.

Muitos parabéns Teresa e obrigado por toda a colaboração e envio da informação na primeira pessoa, o que enriqueceu o Diário dos Jogos Olímpicos relativamente às presenças nas provas de K1 200m e 500m.

Já João Ribeiro está a poucas horas de iniciar a prova de k4 500m.

Para o João, “hoje foi um dia bonito, a Teresa fez umas excelentes provas e estou muito feliz por ela.”

“Quanto a mim, chegou o dia onde começam os jogos olímpicos verdadeiramente para nós. Amanhã e sábado são os dias de por em prática, na água, todo o trabalho de 5 anos de preparação. Queremos pensar passo a passo, chegar à final para depois pensar nas medalhas. Temos de trabalhar muito para lá chegar e é esse o pensamento, com muito foco e determinação” finaliza.

Esta será, pois, uma noite mais pequena para todos os amantes da canoagem, especialmente os esposendenses e admiradores do João Ribeiro. A embarcação K4 nacional vai para a água às 02h 28min desta sexta feira, 6 de agosto.

Boa sorte João Ribeiro, Emanuel Silva, Messias Baptista e David Varela.

Está um país inteiro a torcer por vós e queremos ver a bandeira nacional e ser hasteada em Tóquio no próximo sábado.


Também pode gostar