Andebol: Juvmar ‘arruma’ galo e regressa ao emblema antigo

AvatarRedação , 5 de novembro, 2021

Captura de ecra 2021 11 05 as 16.12.06

A direção do Juventude de Mar, instituição de solidariedade social da freguesia de Mar, concelho de Esposende, aprovou esta semana, por unanimidade, o regresso ao emblema usado entre 1975 e os anos 2000 em que a parte central foi substituída por um “galo negro”, galináceo conhecido naquela localidade pela tradição do “banho santo”.

Em reunião, a direção escolheu o símbolo que mostra a identidade da instituição, uma IPSS com várias valências e com especial foco nos utentes, e que passa a ser ostentado na equipa de andebol feminino.

No emblema é visível agora a representação gráfica de duas crianças a partilhar uma bola dando nota da solidariedade. Assim como, no emblema, é também visível um caderno que representa a educação com as valências de creche e jardim de infância, mas também a sapiência dos mais antigos que têm lugar na instituição através dos serviços aos mais idosos.

As cores preto (tradição do São Bartolomeu do Mar) e azul (mar e bondade) continuam no emblema, mas o amarelo (da pira de ouro do escudo da freguesia) regressa, deixando cair o laranja. O branco, símbolo de liberdade e equilíbrio, preenche o fundo.

Também o ano da fundação da IPPS do Juventude de Mar, 1975, passa a ser visível e ganha destaque.

O presidente da instituição, Estevão Abreu, afirma que «a proposta de mudança do logotipo rege-se por linhas simples, mas que identificam a instituição». O presidente acrescenta que «esta mudança começa já a ser implementada nesta época no andebol feminino».

«Um emblema que não é estranho a quem tem paixão pela instituição e uma das suas principais bandeiras, o andebol de formação. Queremos lembrar e recuperar o símbolo que carregávamos ao peito quando subimos à primeira divisão nacional», lembra Estevão Abreu.

Nas redes sociais do clube é possível ver um curto vídeo dando nota dos momentos marcantes para o emblema do Centro Social Juventude do Mar e a direção considera que este é o símbolo «carrega a história de um percurso honroso e glorioso, um símbolo que acompanhou a Juvmar nos anos de maior glória, um símbolo que carrega nele todo o caminho».


Também pode gostar