▶️ SC Braga a caminho de Roma sem Raúl Silva

AvatarRedação  . 

Quintana 1 1

A Federação Cubana de Andebol afirma que Alfredo Quintana, guarda-redes de andebol do FC Porto e da seleção nacional de Portugal, não resistiu à paragem cardiorrespiratória durante um treino de descompressão e foi declarado óbito, hoje, no Hospital São João. 

A Federação Cubana de Andebol anunciou a morte numa mensagem assinada por Raymel Reyes Collante, secretário-geral do organismo, citado pela SportHD News.

O luso cubano lutava pela vida desde a segunda-feira e estava ligado à máquina de reanimação. 

A comunidade do andebol português, assim como outras manifestações desportivos, solidarizaram-se com a luta de Quintana. O FC Porto afirmou mesmo nas redes sociais: «Tens uma nação a lutar contigo, dragão».

Alfredo Quintana tinha 32 anos. O guarda-redes, que desde 2014 representa a seleção nacional, era um dos indiscutíveis do selecionador Paulo Jorge Pereira, tendo ajudado a levar a equipa de Portugal ao sexto lugar do Europeu de 2020 e ao 10.º lugar do Mundial de 2021.

 


Também pode gostar