Futebol: Falta de eficácia paga-se caro

AvatarPedro Gomes , 11 de outubro, 2021

FOTO

Já diz o velho ditado: "quem não marca, sofre". E este ditado descreve bem a pesada derrota que o Forjães SC sofreu às mãos do Limianos (0x3). 

O jogo começou dividido, com ambas as equipas na expetativa. O primeiro golo acabaria por surgir ao minuto 20', por intermédio de Joel Marques. O Forjães respondeu e criou duas excelentes oportunidades para marcar, mas aproveitou da melhor maneira. E como quem não marca, está sempre sujeito a sofrer, o segundo golo da equipa visitante chegaria, com Rui Magalhães (33') a fazer o golo ao pé. 

Minutos depois do 0x2, grande penalidade assinalada a favorecer o Forjães, mas Maia não conseguiu bater o guarda-redes brasileiro Cioletti. O resultado não sofreria alterações até ao intervalo. 

No segundo tempo, o Forjães entrou com vontade de alterar o rumo dos acontecimentos, mas voltaria a pagar caro a falta de frieza na hora de finalizar. Por sua vez, quem não desperdiçava era o Limianos que chegaria ao 0x3, novamente por Rui Magalhães (73') que bisava no encontro. 

Até ao final, o Forjães voltaria a estar perto de marcar, mas, desta feita, foi o poste a negar o golo. 

Com este resultado, o Forjães cai para quinto lugar, com os mesmos pontos que o Camacha (5). Já o Limianos continua isolado no terceiro lugar. 

 


Também pode gostar