Futebol: Gil Vicente perde em Alvalade em jogo polémico

AvatarFrancisco Xavier, 1 de maio, 2022

279554340 10158711250172643 2200748024845003494 n

O Gil Vicente FC deslocou-se hoje ao estádio de Alvalade para defrontar a equipa do SC Portugal de onde saiu derrotada por quatro bolas a uma.

Previa-se um jogo intenso e equilibrado devido ao facto de ambas as equipas estarem a lutar por objectivos diferentes, a equipa barcelense queria garantir já hoje o quinto lugar uma vez que o Vitória de Guimarães tinha empatado durante a tarde de hoje por uma bola frente ao Santa Clara, o que deixava a equipa barcelense apenas a uma vitória de conseguir um lugar europeu já a equipa leonina ainda "acredita" com o título do campeonato.

Para além dos cinco golos marcados no jogo a partida ficou marcada também por vários lances polémicos por parte da equipa de arbitragem o primeiro lance foi aos 21´m quando o arbitro Miguel Nogueira apontou para o castigo máximo, Aburjania a derrubar Nuno Santos, um lance bastante contestado pela equipa gilista que alegou que a falta foi fora da área, Pablo Sarabia chamado  a converter a não falhar e a fazer o primeiro da partida.

O golo viria a despertar a equipa barcelense e minutos depois era a vez da equipa dos galos reclamar uma grande penalidade após o guarda-redes leonino Adan ter literalmente "abalroado" o jogador gilista Leautey, um lance que ainda foi ao VAR para ser analisado mas que por incrível que pareça em nada resultou. Aos 38´m o Sporting chegou ao segundo golo por intermédio de Edwards, a equipa do gilista viria a reduzir aos 47´m por F.Navarro, excelente passe de Pedrinho para o espanhol e este no limite do fora de jogo a romper a defesa do leonina e a fazer o golo.

A segunda parte começou praticamente com mais um golo para a equipa de Alvalade, desta feita com um autogolo do central gilista Lucas, após sofrer o terceiro golo a equipa barcelense foi bastante abaixo e baixou as linhas o que facilitou os contra-ataques dos leões que tiveram pela frente um enorme Andrew que já mostrou mais uma vez merecer a confiança do treinador Ricardo Soares, as contas acabariam por ficar fechadas aos 63´m por intermédio de Pedro Gonçalves na marcação de mais uma grande penalidade.


Também pode gostar