×
received_165083675377874.jpeg

Hospital de Viana do Castelo aumenta internamento para 116 camas

Redação - 16 de janeiro, 2021

O Hospital de Viana do Castelo «ajustou a capacidade de resposta ao aumento de casos de infeção pelo vírus SARS-Cov-2 e aumentou, em uma semana, o número de camas para internamento de 35 para 116», revelou hoje o administrador.

«Neste momento, temos atribuídas 116 camas para internamento de doentes com covid-19, fora as 25 camas da Unidade de Cuidados Intensivos, sendo que, no total, a taxa de ocupação rondará os 90%», afirmou o presidente do conselho de administração da Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM), Franklim Ramos.

«Não estamos numa situação de crise, caótica, mas estamos com bastantes doentes, reflexo do aumento substantivo da epidemia. Estamos a responder adequadamente. Estamos sempre a reajustar em função das necessidades e não temos a capacidade esgotada», sublinhou.

O responsável apelou à «confiança da população», garantindo que a ULSAM «está a responder, ajustando com cuidado, gerindo bem os recursos disponíveis, por ser necessário atenção aos doentes que não estão infetados, mas sofrem outras doenças».

«O que pedimos à população é que cumpra as normas emanadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Que cumpra o confinamento geral, que tenha cuidado com a etiqueta respiratória, o distanciamento, que use a máscara. Isso é que é importante, porque esses comportamentos ajudam a reduzir o número de casos ativos e podem aliviar a pressão sobre o hospital», alertou.

 

 

  • PARTILHAR